Entenda um pouco mais do ciclismo de estrada

Compartilhe com seus amigos

Entenda um pouco mais do ciclismo de estrada e do trabalho em equipe
O ciclismo de estrada é um esporte de equipe, cada ciclista tem uma função, se quiser chegar na frente você vai precisar da ajuda dos seus companheiros de equipe
Ciclismo de Estrada ou ciclismo em estrada é um tipo de competição esportiva, derivada do ciclismo, disputada em estradas utilizando de bicicletas próprias para este fim que, no Brasil, são conhecidas por Speed

A prática do ciclismo e seus benefícios já foram temas de algumas matérias aqui no Eu Atleta. Mas hoje nós vamos entrar um pouco mais no mundo do ciclismo e conhecer algumas táticas desse esporte e entender como elas se aplicam nas competições. Primeiramente, vamos dividir o ciclismo de estrada em duas fases: a prova individual contra o relógio e a prova de estrada propriamente dita (os ciclistas juntos, no pelotão). E hoje, nos atentaremos apenas à segunda.
Aqui no Brasil nós estamos acostumados com times de futebol, vôlei e basquete, mas não de ciclismo. Mas como assim time de ciclismo? Pois é, assim como o futebol, o ciclismo de estrada é um esporte de equipe, cada ciclista tem uma determinada função (às vezes funções). Nas competições, a regra de ouro para quem quer chegar na frente é poupar-se ao máximo durante a prova para acelerar no final – e se quiser chegar na frente você provavelmente vai precisar da ajuda dos seus companheiros de equipe.
Tour de France é a prova mais famosa de ciclismo de estrada
E como acontece essa ajuda? Primeiramente cada equipe traça a sua estratégia para a prova que vai encarar, e a partir dos detalhes do percurso e sabendo em que fase do treinamento está cada atleta, decide-se quem do time vai ser o líder ou capitão (às vezes acontece da equipe ter mais de um líder). A partir daí, o maior objetivo da equipe é fazer com que o seu líder se canse o mínimo possível durante a prova para aguentar o tranco lá na hora da chegada. E, na prática, isso é feito de algumas maneiras, como por exemplo:

1) Ficando na frente do líder para que ele sofra o mínimo possível com o vento (quanto mais resistência do ar, mais você se cansa, é aquela história do vácuo). Talvez essa seja a principal função dos companheiros de equipe.

2) Perseguindo algum atleta que esteja na frente ou trazendo o líder de volta para o pelotão no caso dele ter ficado para trás por algum motivo. É muito mais fácil você ir no vácuo do seu time do que ter que realizar essas tarefas sozinho.

3) Pegar água (ou gel ou um casaco) no carro de apoio do time lá atrás do pelotão e voltar pra entregar na mão do capitão.

4) No caso de um problema mecânico do líder, um companheiro de equipe pode passar uma roda ou mesmo a bike inteira para o mesmo. Assim ele não precisa esperar o carro de apoio que vêm atrás do pelotão, e às vezes pode demorar preciosos minutos para chegar.

5) Um companheiro de equipe pode acelerar e deixar o pelotão para trás, fazendo com que outros times tenham que buscá-lo enquanto seu time, e consequentemente seu líder, pegam uma carona no vácuo das outras equipes, poupando seus esforços para mais adiante (é claro, quem acelerou se sacrifica, nesse dia, essa é a sua função). E se ninguém perseguir, quem acelerou pode até ganhar a prova, o que também é ótimo para o time. É como o zagueiro fazer gol, de vez em quando acontece.
Se a prova acaba em uma subida íngreme, por exemplo, o líder da equipe provavelmente será um magrelinho bem leve (alguns na casa dos 50 kg), mas se acaba no plano, talvez seja um daqueles grandalhões que nos impressionam com tamanha velocidade final (em alguns sprints para a chegada, ciclistas de alto nível podem chegar a 70 km/h, às vezes até um pouco mais) – um time europeu de ponta, por exemplo, pode ter mais de 30 ciclistas em seu elenco, mas em cada prova alinham geralmente entre 6 e 9 (isso varia de prova para prova).

Antenor Garrido

Antenor Garrido

"Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir sempre meu coração.
Não me façam ser quem não sou, nem me convidem a ser igual a ninguém, porque sinceramente sou diferente!"
Antenor Garrido
Compartilhe com seus amigos

Written by 

Obrigado por sua visita deixe sua resposta

%d blogueiros gostam disto: