agosto 15, 2022
Brasília / DF bairro Setor Sudoeste, Brasil
Saúde

Maternidade participa do movimento filantrópicos

Hospital Maternidade Clélia Rebouças participa do movimento em prol de melhorias em instituições filantrópicas

O PL 2564/2020 foi aprovado no Congresso, mas ainda não foi sancionado, pois o presidente alega que não há verba destinada para o repasse às unidades de saúde

Foi aprovado, no último dia 4 de maio, o Projeto de Lei 2564/2020, que prevê reajuste no piso salarial dos profissionais de enfermagem (enfermeiros, técnicos, auxiliares e parteiras) no Brasil. Diante disso, os colaboradores do Hospital Maternidade Clélia Rebouças, que atua há 50 anos na região de Mutuípe (BA), fizeram manifestação para chamar a atenção para a necessidade de maior disponibilização de recursos para cumprir a nova determinação.
O HMCR é uma instituição filantrópica, privada, sem fins lucrativos, mas que também depende do repasse do governo estadual, para oferecer serviços básicos de saúde através do sistema público. Durante o ato, Luciana Freitas, superintendente do IMAPS/APMIM, que faz a gestão da unidade, destacou a necessidade do aumento do subsídio fornecido à instituição. “Precisamos que os governantes nos deem um suporte financeiro maior, para continuarmos prestando serviços com altíssima qualidade. Filantropia significa amor ao próximo. Não deixem de olhar para unidades filantrópicas da Bahia e de todo o Brasil, concluiu”.
O PL ainda não teria sido sancionado pelo presidente da República, apesar do prazo de 15 dias, por considerar que não foi estabelecido previamente no documento de onde sairão os R$ 22 milhões destinados para este fim.

Leave feedback about this

  • Quality
  • Price
  • Service

PROS

+
Add Field

CONS

+
Add Field
Choose Image
Choose Video
X