Salão do automóvel de Pequim é dominado por carros elétricos Destaque é o Byton, carro equipado com tela de 49 polegadas

Compartilhe com seus amigos

Enquanto o Brasil ainda é movido por combustíveis fósseis, a China dá passos largos para ter cada vez mais carros elétricos. Durante o Salão do Automóvel de Pequim, que está rolando no país, isso ficou ainda mais claro, com veículos de energia limpa chamando a atenção.

O principal destaque da feita é um conceito da startup Byton, criada por ex-funcionários da BMW: o carro elétrico possui uma tela de 49 polegadas no lugar do painel.

Além do display principal, o Byton também possui mais uma tela de 8 polegadas no centro do voltante para indicar informações importantes ao mototista e mais monitores de entretenimento espalhados na parte traseira.

Feito para conquistar as gerações mais novas, o veículo também conta com controles e gestos por voz, além de um design bastante arrojado.

Como autonomia também é importante, a Byton disse que seu carro é capaz de fazer até 500km longe da tomada. Durante o evento, a fabricante disse que o conceito está quase virando realidade, ou seja, possivelmente veremos mais novidades sobre o veículo em breve.

Mais carros elétricos

Além da startup Byton, grandes empresas também marcaram presença com seus veículos movidos por energia elétrica, visando crescer no mercado chinês. A Nissan levou ao salão de Pequim o Sylphy ZE, que é uma versão elétrica do Sentra.

O carro da Nissan que é 100% elétrico (ZE significa Zero Emissão) não teve suas especificações de autonomia reveladas durante o evento, mas traz uma estrutura interna similar ao famoso Leaf, ou seja, podemos esperar um desempenho parecido.

Como o Sentra já é vendido pela Nissan em diversos mercados, existe grande possibilidade do Sylphy acabar sendo exclusivo do mercado chinês, segundo aponta o CNET.

A Volkswagen também participou do evento junto com a fabricante Jac, que lançou o Sol E20X, uma versão elétrica do SUV T40 que possui autonomia de 300km por carga.

A parte mais interessante deste veículo é que ele pode acabar sendo lançado no Brasil. Falando ao Auto Esporte, o representante da Jac, Sergio Habib, disse que algumas unidades do carro elétrico chegarão em testes por aqui e devem custar R$ 130 mil.

Quando isso vai acontecer, porém, ainda é um mistério. O foco da Jac, bem como de outras fabricantes, ainda é o mercado chinês e seus benefícios para os veículos elétricos. O governo da China conta com diversos incentivos fiscais para adotar os carros de energia limpa, visando diminuir a poluição em grandes cidades.

Apesar do Brasil ainda não ser o país dos carros elétricos, podemos esperar um crescimento da área por aqui no futuro.

Via: Auto Esporte

admin
Me siga

admin

"Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir sempre meu coração.
Não me façam ser quem não sou, nem me convidem a ser igual a ninguém, porque sinceramente sou diferente!"
admin
Me siga
Compartilhe com seus amigos

Written by 

"Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre. Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir sempre meu coração. Não me façam ser quem não sou, nem me convidem a ser igual a ninguém, porque sinceramente sou diferente!"

Obrigado por sua visita deixe sua resposta

Curta nossa Página
%d blogueiros gostam disto: